Estudos RECENTES:

 

Implications and Student Perceptions of Contemporary Pornography: STUDY 1 (Jacques): Contemporary Pornography in America (2018)

 

Implicações e percepções de estudantes da pornografia contemporânea: Estudo 1 (Jacques): Pornografia Contemporânea na América (2018)

Um olhar para a pornografia mainstream mostra-nos temas comuns que só não apenas degradantes, mas violentos - tipicamente contra as mulheres - mas também promovem padrões através dos quais se expressa a sexualidade, tanto fisicamente, como mentalmente. À medida que as tendências da pornografia mainstream são transpostas para publicidade, filmes, televisão, e outros, estes comportamentos pouco seguros e saudáveis são normalizados e indissociáveis da vida quotidiana.

Aggression and Depression Factors in Pornography Use of College Aged Individuals (2017)

Factores de Agressão e Depressão no Uso de Pornografia em Indivíduos Universitários (2017)

Os participantes masculinos mostraram uma maior frequência no consumo de pornografia. [...] Foi encontrada uma correlação significativa na relção entre o uso de pornografia pelos indivíduos do sexo masculino e a percepção de depressão sentida após o uso.

Interrelation of Consumption of Internet Pornography to Sexual Addiction and Sexual Functions (2017)

Relação entre o consumo de pornografia online e dependência sexual e funções sexuais (2017)

Este estudo foi realizado com o objetivo de avaliar os impactos nos comportamentos sexuais tendo em conta a duração ou severidade da exposição à pornografia online e correlação da exposição da pornografia online com dependência sexual e o funcionamento sexual em homens Coreanos.

Os resultados mostraram que a frequência da masturbação aumenta significativamente quando a exposição à pornografia online foi regular durante a infância. Adicionalmente, homens expostos com mais frequência ou durante mais tempo à pornografia online, estiveram associados a um aumento significativo na masturbação e atividades extra-conjugais não-éticas.

Homens com dependência sexual tinham tendência a mostrar maiores índices de masturbação e sexo extra-conjugal, mas menos atividade sexual dentro do casamento.

Homens com disfunção eréctil masturbavam-se mais, mas tinham menos atividade sexual com os seus parceiros. No entanto, ainda assim apresentaram mais atividade extra-conjugal que os homens sem disfunção eréctil.

Pornography Consumption and Satisfaction: A Meta-Analysis (2017)

Consumo de Pornografia e Satisfação: Uma Meta-análise (2017)

[...] o consumo de pornografia estava associado com uma menor satisfação interpessoal em questionários transversais, longitudinais, e experiências. Associações entre o consumo de pornografia e satisfação interpessoal reduzida não foram moderadas pelo ano de lançamento ou estado da publicação. A análise dos resultados demonstrou-os significativos para os homens.

“Adding fuel to the fire”? Does exposure to non-consenting adult or to child pornography increase risk of sexual aggression? (2018)

"Atirar achas para a fogueira"? A exposição não consentida a pornografia adulta ou infantil aumenta o risco de agressão sexual? (2018)

Conclui-se que o consumo de pornografia pode aumentar o risco de agressão sexual para os homens já predispostos a agredir sexualmente, devido a causas primárias que não a pornografia.